Tel: (11) 2505.2000 | Rua Boa Vista, 170 - São Paulo/SP- 01014-930


Notícias

Governo do Estado entrega 98 casas em Itajobi


O Governo do Estado realizou o sonho da casa própria de mais 98 famílias em Itajobi. Neste sábado, 25 de agosto, o governador Geraldo Alckmin entregou as chaves dos imóveis construídos pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU). "Nosso Estado de São Paulo não deixa ninguém para trás. Quem ganha um salário mínimo pode adquirir sua casa com prestação de R$ 93", afirmou o governador. "Somos o único Estado do Brasil a destinar 1% do ICMS para fazer habitação”.

O secretário adjunto de Estado da Habitação e diretor Técnico da CDHU, Marcos Penido, participou da solenidade. "Hoje é o segundo dia mais importante: o dia da entrega das chaves. Amanhã é o dia mais importante, porque essas casas, feitas de tijolo, cimento e telha, vão se transformar em um lar", disse Penido.

 O empreendimento está localizado na Avenida Catanduva, altura do nº. 1.130, Jardim do Ipê. Ele recebeu o nome de Conjunto Habitacional Frederico Gerlack e é composto de casas com dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, distribuídos em 52,62 m2 de área construída.

As unidades foram entregues com diversas melhorias do padrão de qualidade da CDHU, como esquadrias de alumínio, revestimento de azulejo até o teto no banheiro e na parede hidráulica da cozinha, piso cerâmico e rodapé em todos os cômodos e laje. Na parte externa, há tratamento paisagístico com gramado frontal e acesso pavimentado, muro de divisa entre os lotes, muros de arrimo e ruas pavimentadas. Está prevista a instalação do sistema de aquecimento solar para a água do chuveiro, que diminui em até 30% a conta da energia elétrica.

A CDHU investiu R$ 5,8 milhões no empreendimento, que foi viabilizado em parceria com o município, por meio da modalidade Administração Direta. A Companhia repassou os recursos financeiros para a prefeitura, que contratou e administrou as obras. Os futuros moradores foram selecionados por meio de sorteio público.

Os novos mutuários terão prazo de 25 anos para quitar o valor do financiamento habitacional. As prestações serão subsidiadas pelo Governo do Estado e calculadas de acordo com a renda familiar. Quem ganha até três salários vai pagar apenas 15% dos rendimentos. No Conjunto Frederico Gerlack, 89% das famílias que recebem as chaves dos imóveis estão nessa faixa. O valor da menor prestação é de R$ 93,30.

A CDHU atende famílias com renda entre um e dez salários mínimos, priorizando as que recebem até três. Outros requisitos para participar do programa são: morar ou trabalhar no município há pelo menos três anos, não ser proprietário de imóvel e não ter financiamento habitacional.


Autor: Superintendência de Comunicação Social


Voltar para o Índice de Notícias